Dívida quase acaba em morte e três são presos

CANARANA – Por causa de uma dívida de R$ 100,00 com o tráfico de drogas, duas pessoas acabaram baleadas no bairro Sol Nascente, em Canarana, na tarde de domingo (30).

A discussão teria começado porque um homem de 28 anos, por dívida de drogas, deixou como penhora um celular e, quando foi resgatar o aparelho, a exigência era de R$ 200,00. Na discussão foi baleado na perna um menor de 16 anos e uma jovem de 20 anos, namorada do traficante que vendera a droga.

O suspeito de ter atirado e mais um comparsa, foram presos em uma residência. Na busca pela arma, a polícia localizou um frasco com maconha. Já a arma estava escondida no Bairro União, na casa de outra pessoa, que foi presa há 10 km dali, na estrada do Água Limpa, fugindo. A arma com seis munições, quatro delas deflagradas, foi localizada num vão da cômoda do quarto do suspeito.

Os três homens foram encaminhados para a Delegacia de Polícia juntamente com a arma, munições, droga e o celular. Os feridos foram conduzidos de ambulância ao hospital.