Empresários informam sobre andamento do projeto que prevê construção de resort em Canarana

CANARANA – No final do mês de julho, representantes da empresa Turisíndio, detentora do projeto que prevê a construção de resorts de luxo em locais onde há presença de indígenas para apresentar a cultura deles como um dos atrativos, se reuniu na Prefeitura com vereadores e secretários municipais, para falar sobre o andamento do projeto.

O brasiliense Célio Judson e os canaranenses Nelson Schindler e Marcio Paris, da Turisíndio, disseram que a implementação do projeto sofreu atrasos por conta da imensa burocracia, pois eram milhares de itens como condicionantes para a liberação de recursos por parte de bancos e fundações estrangeiras. Esse processo ainda continua, mas já está entrando em fase final.

O primeiro CTCI (Centro de Turismo e Cultura Indígena), como são conhecidos os resorts, será construído em Canarana, próximo ao TIX (Terra Indígena do Xingu). O investimento será de mais de 200 milhões de reais e empregará mais de 300 pessoas. O resort padrão 5 estrelas têm como objetivo utilizar a cultura indígena como um dos atrativos e assim fomentar a manutenção desta tradição.

Os vereadores e secretários municipais, que já vem divulgando essa ideia há alguns anos na mídia e em feiras de turismo, colocaram do interesse do município em receber o empreendimento e se colocaram à disposição do que for preciso. Ações como transformar Canarana em estância turística já foram formalizadas para ajudar na implementação do projeto.