Governo admite 50% das viaturas policiais paradas em MT

Alexandre Bustamante, secretário de Segurança Pública, negocia com credores do Estado

CUIABÁ – O secretário-chefe da Civil, Mauro Carvalho, admitiu na segunda (14) que quase 50% das viaturas do Estado estão paradas por falta de pagamento. O caos que parece se instalar na prestação de serviços essenciais tem sido a tônica das ações do Governo Mauro Mendes (DEM) nesses primeiros dias de gestão. O objetivo é garantir o equilíbrio das contas públicas, já que a atual administração afirma ter assumido o estado em 1º de janeiro com R$ 3,9 bilhões de restos a pagar.

“Quando falamos de contas públicas, falamos de fornecedores. Por exemplo, tem um dado extremamente importante: nós tivemos quase 50% das viaturas da polícia retidas por falta de pagamento. O Bustamante [secretário de Segurança] está chamando todos os fornecedores e pedindo o voto de confiança, um voto de credibilidade. Essa semana boa parte das viaturas passam a circular de novo em Mato Grosso”, afirmou.

Segundo Mauro Carvalho, as viaturas que não estão em atividade são de uso de todas as forças de segurança, isto é, da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil e da Polícia Técnica. Ao todo, segundo Alexandre Bustamante, a dívida da Sesp com as locadoras chega a R$ 13,5 milhões e a maior parte dos pagamentos está com mais de 90 dias em atraso.