Matinha precisa de regularização fundiária e reabertura do posto de saúde

CANARANA – A reportagem do J. O Pioneiro esteve na tarde de ontem, 10, no distrito da Matinha. Conversamos com a professora Angélica, coordenadora da EMEB Viriato Correa.

Professora Angélica, coordenadora da EMEB Viriato Correa e Rafael Govari

Angélica elogiou a Secretaria Municipal de Educação, que tem atendido aos anseios da escola da comunidade, o que tem possibilitado uma boa oferta de ensino aos alunos. Com relação as demandas, conforme a professora, estão a regularização fundiária e a abertura do posto de saúde. Como não há escritura dos terrenos, não é possível fazer investimentos públicos no local, como reforma da quadra da escola, por exemplo. O proprietário da fazenda onde estão as casas e a escola, já se disponibilizou em ceder os documentos, mas para isso acontecer é necessário o apoio do poder público municipal. Para a abertura do posto de saúde são necessários móveis a e contratação e profissionais, pois o prédio foi reformado recentemente.

Em contato com a secretária de Educação, Claci da Silva, ela informou que a Semec está tralhando para regularizar a documentação do terreno da quadra, para que a mesma possa receber investimentos, seja da Prefeitura ou de emendas estaduais.

Em contato com o secretário de Saúde, Paulinho Enfermeiro, ele disse que o objetivo é abrir o posto de saúde tanto da Matinha quanto do Garapú ainda neste segundo semestre. Os postos de saúde de Serra Doura e Culuene já foram abertos.

A reportagem também visitou algumas fazendas, como a Dom Pedrito. Moradores elogiaram o serviço de transporte escolar, mas gostariam de fazer uma parceria com a Prefeitura Municipal para patrolar a estrada antes do início das chuvas.

Em contato com o secretário de Obras, Vilson Biguelini, ele falou que a Prefeitura quer atender o maior número de estradas possíveis antes do início das chuvas e que o modelo de parceria ajuda muito no desenvolvimento das atividades.