Mato Grosso recebe apoio do Governo de SP para PPPs e concessões

Os governos de São Paulo e Mato Grosso assinaram Protocolo de Cooperação Técnica com o objetivo de estimular a troca de experiências a fim de viabilizar Parcerias Público Privada (PPPs) e Concessões para alavancar a infraestrutura dos estados.

“Em tempos de crise econômica e de limitação de uso de recursos, as PPPs e as concessões são excelentes alternativas para viabilizarmos investimentos necessários que os estados tanto necessitam”, declarou o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, ao assinar protocolo, juntamente com o governador Geraldo Alckmin, durante evento, nesta segunda-feira (08.08), na capital paulista.

“Não tenho dúvidas que conseguimos dar um grande passo para avançar com as PPPs em Mato Grosso. Representei o governador Pedro Taques nesta missão técnica sobre o tema, organizada pelo governo de São Paulo. Voltamos confiantes que o governador Geraldo Alckmin demonstrou grande interesse na parceria com nosso estado”, afirmou.

Concessões de rodovias 

Marcelo Duarte explicou que Mato Grosso prepara para lançar, ainda neste mês, o maior plano de concessões de rodovias da história do Estado, que, a partir de agora, passará a contar com apoio fundamental do Estado de SP. A expectativa é fazer a concessão de mais de 1.400 km de rodovias estaduais, com investimentos de recursos privados.

“Nós recebemos em São Paulo vários secretários de Estado de inúmeras regiões do Brasil, que vieram aqui verificar o nosso programa de concessões e parcerias em PPPs. É um espaço que a gente pode ter para fazer investimentos e ampliar a infraestrutura dos nossos estados e municípios, além de gerar empregos através destes investimentos. São Paulo fez concessões de rodovias, de metrôs, de trem, de água que geram R$ 130 bilhões em investimentos”, afirmou o Alckmin.

De acordo com informações da assessoria, o Estado de São Paulo conta com 34 contratos em vigência feitos por meio de Parcerias Público-Privadas e concessões. Essas experiências bem-sucedidas já renderam R$ 130 bilhões em investimentos.

Por isso, outros estados e prefeituras interessados em conhecer essas ações, e que têm interesse em atrair investimentos privados mesmo com o atual cenário de crise econômica, participaram do seminário “Missão Técnica para Concessões e PPP”.