Mulher é presa ao tentar entrar na Cadeia Pública com droga

CANARANA – Mesmo com monitoramentos diários por parte da Polícia Civil e Sistema Prisional, resultando em autuações em flagrantes por Tráfico de Drogas, algumas pessoas resolvem tentar a sorte e fazer chegar droga no interior da Cadeia Pública.

Na quinta feira (04/04) policiais civis e agentes prisionais interceptaram uma farta quantidade de maconha que entraria na unidade prisional nas partes íntimas da mulher de um dos presos. A mulher já era alvo de monitoramentos e acredita-se que a droga seria comercializada na Cadeia por seu esposo. A droga estava acondicionada em preservativo masculino e, a mulher, ao ser conduzida à Delegacia de Polícia, resolveu confessar a prática criminosa.

Para a Polícia Civil, “é grave que se realize tanto o tráfico de entorpecentes, quanto o uso de drogas, em locais de cumprimento de penas privativas de liberdade, onde se almeja a ressocialização e reeducação dos indivíduos custodiados”.

A mulher que levava a droga e seu esposo que receberia o entorpecente foram autuados pelo delegado Deuel Santana por Tráfico de Drogas e Associação para o Tráfico. O Judiciário converteu o flagrante em Prisão Preventiva. Como não há estabelecimento prisional feminino em Canarana, a mulher de 18 anos foi encaminhada para Nova Xavantina.