PIB de Canarana ultrapassa pela primeira vez a barreira de R$ 1 bilhão

CANARANA – O IBGE divulgou os números do PIB dos municípios brasileiros em 2016 e Canarana pela primeira vez rompeu a barreira de 1 bilhão de reais. O Produto Interno Bruto do município foi de R$ 1.031.851.720,00, ficando na 24ª colocação no MT e 720ª no Brasil.

PIB é a soma de todos os bens e serviços finais produzidos numa determinada região. A título de comparação, em 1999, primeiro ano disponível do dado histórico, o PIB de Canarana era de pouco mais de R$ 77 milhões (R$ 77.870.000,00), ocupando na época a 30ª colocação no MT. A pior posição do município no estado foi em 2003, quando era a 35ª maior economia. A melhor foi em 2014 e 2015, quando ocupou a 21ª colocação.

Água Boa foi a 26ª economia do estado em 2016, com PIB de quase R$ 900 milhões (R$ 899.989.000,00). Querência foi a 19ª economia do MT em 2016, com PIB de mais de 1,2 bilhão (R$ 1.207.204.000,00). O maior Produto Interno Bruto do Mato Grosso é de Cuiabá, superior a R$ 22 bilhões, seguido por Rondonópolis com mais de R$ 9 bilhões, Várzea Grande com mais de R$ 7 bilhões, Sorriso e Sinop com mais de R$ 5 bilhões cada.

A maior parte do PIB é formado pelo VA (Valor Adicionado) que é a riqueza criada pela venda de um serviço ou produto. O VA de Canarana em 2016 foi de quase R$ 1 bilhão (R$ 932.532.000,00), sendo o 24º maior VA do MT e 713º do Brasil. Desse montante, mais de R$ 448 milhões vieram de serviços, R$ 120 milhões do setor público, R$ 317 milhões da Agropecuária (19º maior VA do agro no MT e 119º do Brasil) e apenas R$ 45 milhões da indústria (apenas como o 53º maior VA da indústria no MT).

Para se obter os números do PIB, soma-se o VA mais os impostos sobre produtos. Em 2016, o valor arrecadado em Canarana em impostos foi de quase R$ 100 milhões (R$ 99.319.ooo,00), sendo a 20ª maior arrecadação do MT e a 685ª do Brasil.

Conclusão

Já se sabia que, por conta do agronegócio, o PIB de Canarana ultrapassaria a barreira de R$ 1 bilhão e os números de 2018 devem ser bem maiores, por conta do crescimento, principalmente, da área plantada de soja. Mas apesar do crescimento no campo, é preciso destacar a baixa produtividade industrial em Canarana, amargando a 53ª colocação no estado entre 141 municípios. Esse deve ser o foco nos próximos anos, atrair empresas que beneficiem a produção agrícola, gerando emprego e renda.