Prefeitura fiscaliza ambulantes e empresários querem aumento na taxa

CANARANA – Na semana passada, dia 17, um vendedor de cadeiras e sofás, pagou a taxa diária de R$ 213,00 para vender seus produtos na cidade. O problema é que ele pôs seus produtos no canteiro central da Av. Paraná, bem em frente ao Banco do Brasil, o que é proibido. O fato foi comentado no grupo de WhatzApp da Acecan e imediatamente o secretário de Finanças, Hudson Branquinho, se dirigiu até o local juntamente com os fiscais para solicitar a saída do espaço público. Pagando a taxa, o vendedor ambulante pode vender seus produtos apenas em espaços particulares. No domingo pela manhã, 22, o mesmo vendedor voltou a colocar os móveis no mesmo local. Novamente o secretário foi avisado e os fiscais se dirigiram até o canteiro para que o ambulante recolhesse seus produtos sob o risco de ter os mesmos confiscados. Nos comentários no grupo da Acecan, os empresários da cidade querem que o valor da taxa seja aumentado para inibir a vinda de ambulantes. O presidente da entidade, Dr. Marcio Paris, solicitou uma reunião com o prefeito Fábio Faria para tratar sobre o assunto.