Reunião pública sobre Áreas Úmidas acontece sem confronto

NOVA XAVANTINA – Para quem esperava um clima de confronto em que se tornou ao longo de décadas o embate entre ambientalistas e produtores rurais, a reunião pública de sensibilização sobre Áreas Úmidas no Vale do Araguaia promovido pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso e realizado em Nova Xavantina na sexta feira, 31, no complexo balneário da Praia do Sol, foi um balde de água fria.

Professores e mestres em ecossistemas do Vale do Araguaia da Unemat fizeram suas exposições e mostraram a urgente necessidade de se preservar nossos mananciais de água. Índios Xavante que se apresentaram e fizeram uso da palavra, lembraram que nossos rios estão secando. Representantes do agronegócio, ressaltaram e concordaram com a importância da manutenção e preservação da água, como fator essencial para os processos de produção.

Ao final, o idealizador do evento, o procurador de Justiça Dr. Luís Alberto Esteves Scaloppe, membro do Conselho Superior do Ministério Público do Estado e coordenador da Procuradoria Ambiental do MPE, disse que um dos objetivos do encontro é colher subsídios através das exposições e depoimentos para o Ministério Público agir.