458 PMs servem a outros Poderes

CUIABÁ – O governo do Estado, que conta hoje com uma tropa de 7,5 mil entre praças e oficiais, tem cedido para outros Poderes e órgãos nada menos que 458 militares.

Esses profissionais poderiam estar trabalhando nas ruas, nas ações ostensivas e repreensivas, mas, como foram requisitados para fora do Executivo, muitos atuam em desvios de função, em atividades burocráticas no Judiciário, na Assembleia Legislativa, no Tribunal de Contas e no Ministério Público Estadual. E ganham gratificações e auxílio alimentação, que variam de R$ 1,4 mil a R$ 7 mil.

Dos 458 militares, 290 estão prestando serviços no Judiciário, seja no Tribunal de Justiça, seja nas 79 comarcas, e ainda nos Juizados Especiais, de Infância e Juventude e no Centro Judiciário de Solução de Conflitos. No MPE estão cedidos 75, sendo 28 da ativa e 47 da reserva remunerada. Outros 57 estão na AL e 36 no TCE.