Águas Canarana apresenta panorama dos serviços prestados e plano de investimento de R$ 16,6 mi até 2023

CANARANA – Autoridades públicas, sociedade e a diretoria da Águas Canarana, pautados pelo interesse público, vêm debatendo a qualidade dos serviços de saneamento prestados à população, os investimentos já realizados e os R$ 16,6 milhões a serem investidos no município, até 2023.

Em visita oficial ao prefeito Fabio Faria e em audiência pública na Câmara Municipal de Canarana, diretores da concessionária fizeram a prestação pública dos R$ 2,7 milhões empregados nas estruturas de tratamento e no serviço de distribuição de água, bem como os avanços já registrados no dia a dia dos do atendimento às famílias canaranenses. E mais: o planejamento em curso para a implantação do sistema de coleta de esgoto, anseio da comunidade local.

A audiência pública, ação empreendida pela Câmara no dia 4 de julho, mobilizou lideranças de diversos segmentos em Canarana. Durante cerca de três horas de exposições e debates, os participantes puderam esclarecer dúvidas sobre o panorama do atendimento em saneamento aos bairros de Canarana e propor novas ações e melhorias à companhia, que atua na cidade por meio do contrato de concessão firmado com o poder concedente municipal.

“Recebemos esse convite com a segurança de quem trabalha com responsabilidade em prol do desenvolvimento de Canarana. Foi uma oportunidade muito importante para a Águas Canarana em apresentar à sociedade tudo aquilo que fizemos desde o início do ano. Mostramos os benefícios sistêmicos daquilo que já implantamos e os impactos positivos na dinâmica da distribuição de água na cidade”, afirma o diretor-geral da Águas Canarana, Luiz Fernando Fabbriani.

Durante a reunião, iniciada com o relato do panorama da operação, a companhia reforçou a necessidade do município em receber o sistema de esgotamento sanitário, para a mais ampla sustentabilidade ambiental e social. Medida que, para o diretor-geral da Águas Canarana, engenheiro especialista em Gestão Ambiental, deve ser o norte para os próximos investimentos, permitindo a instalação da rede de coleta e o efetivo tratamento de esgoto.

Outros temas também permearam as explanações, como a necessidade de revisão de termos do contrato de concessão pública dos serviços de saneamento, questionamentos sobre a qualidade da recomposição asfáltica e a tarifa cobrada para religação após cortes por atrasos no pagamento da fatura mensal de água. Conforme diretor operacional da Águas Canarana, André Silva, situações e locais apontados por participantes da audiência no que diz respeito às recomposições asfálticas, serão checadas ao longo dos próximos dias a fim de garantir a melhoria na qualidade dos serviços entregues ao cliente.

Ao final da audiência pública, foram registrados elogios sobre a qualidade da água ofertada à população. De acordo com algumas das lideranças presentes, a percepção de que a prestação dos serviços melhorou com a concessionária, cujos trabalhos vêm se aperfeiçoando, é uma realidade entre a população de Canarana.

Prefeito recebe diretores e confere projetos

A diretoria da Águas Canarana também visitou oficialmente a Prefeitura de Canarana, recebidos pelo prefeito Fabio Faria. No encontro, foram apresentadas as soluções necessárias e imediatas para iniciar a instalação da rede de esgotamento sanitário e a construção das estruturas de tratamento dos resíduos.

Como resultado do encontro, o gestor do município se comprometeu em promulgar um decreto de utilidade pública que viabilizaria a concessão de uma área pública para a instalação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e Estações Elevatórias ao longo do sistema de coleta e tratamento. “A concessionária, o poder concedente, que é a Prefeitura, e a Câmara Municipal de Vereadores atuam hoje, em prol da comunidade. Essas reuniões possibilitam o alinhamento com o poder público, visando um bem comum e maior: o planejamento e a viabilização de investimentos privados que impulsionem o avanço do saneamento em Canarana”, declara Luiz Fabbriani, diretor-geral da Águas Canarana.