Gato de luz de 100 km beneficiava 25 propriedades rurais

COCALINHO – Um possível crime de furto de energia elétrica e dano ambiental está sendo investigado em Cocalinho.

A denúncia partiu de funcionários da concessionária de energia elétrica, que percorreram na terça-feira, uma linha de cerca de 100 quilômetros, ligada clandestinamente à rede de luz.

A propriedade abastecida irregularmente com luz fica há cerca de 250 quilômetros da cidade de Cocalinho. As investigações agora estão sendo direcionadas para saber quem autorizou a construção da rede alternativa e sua ligação clandestina.

Segundo a Energisa, a rede clandestina abastecia 25 propriedades rurais no interior de Cocalinho. Um dos proprietários rurais beneficiados com a ligação clandestina de energia elétrica parece se tratar de um importante político de Goiás.

Fizemos contato com o possível proprietário do imóvel, um ex-parlamentar goiano famoso, e ainda não obtivemos retorno.