Governo anuncia intenção de privatizar rodovias federais no Araguaia

BRASÍLIA – O governo federal editou dia 15 de agosto, um decreto que revela a qualificação de empreendimentos dos setores portuário, aeroportuário, rodoviário, ferroviário e hidroviário no âmbito do Programa de Parcerias de Investimento.

Houve a inclusão no Programa Nacional de Desestatização. O Ministério da Infraestrutura ficará responsável pela condução e pela aprovação de estudos, projetos e levantamentos que subsidiarão a modelagem das medidas de desestatização.

Na região Araguaia, as seguintes rodovias serão privatizadas: BR-242/MT, trecho entre Querência e Santiago do Norte (MG) com extensão de 283,25 km, abrangendo as obras de implantação e pavimentação; BR-080/MT, no trecho entre a divisa dos estados de Goiás e Mato Grosso, em São Miguel do Araguaia, com o entroncamento da BR-158, em Ribeirão Cascalheira (MT). A obra também incluirá a ponte sobre o Rio Araguaia nesta região.

Por enquanto, a BR-158, única rodovia que corta o Araguaia de norte a sul escapou da privatização.