Incêndio no interior causa grandes prejuízos e intoxicação quase faz vítima fatal

CANARANA – Um incêndio de grandes proporções queimou centenas de hectares de pastagens na fazenda conhecida como Cedro, na região da MT-110, a cerca de 50 km de Canarana. De origem desconhecida, mas com suspeita de ser criminoso, o incêndio começou na tarde do último sábado, 27. Conforme moradores das imediações, não havia ninguém na propriedade nas horas que durou o incêndio.

Imediatamente as fazendas vizinhas mobilizaram maquinário agrícola para fazer aceiros para impedir o alastramento do fogo nas propriedades próximas. Mesmo assim, 40 hectares de milho de uma fazenda que fica ao lado foram queimados. Poderia ter sido ainda pior, pois o produtor tinha 400 hectares prontos para a colheita.

Os brigadistas que ficam em Canarana também se deslocaram com auxílio de nossa reportagem e ajudaram no combate às chamas que consumiam um galpão e maquinário agrícola na sede da fazenda. Nossa reportagem também conversou no local com o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, que tem um propriedade próxima e estava na fazenda no último final de semana.

Por volta das 20h00 os focos de incêndio estavam controlados. Quando nossa equipe de reportagem voltava para a cidade juntamente com os brigadistas, um produtor rural trazia às pressas um homem que havia trabalhado no combate às chamas e não conseguia respirar, no que é conhecido como hipóxia. Um dos bombeiros realizou os primeiros socorros e acompanhou no veículo até o Hospital Municipal. Conforme o produtor rural, a presença do bombeiro foi providencial para salvar a vida do trabalhador.

Nessa época de seca é comum incêndios nas áreas rurais. O sucesso no combate a este grande incêndio só foi possível graças a organização e mobilização dos produtores. Conforme os bombeiros que formam junto com servidores públicos a Brigada Mista em Canarana, a equipe não tem estrutura para sozinha enfrentar incêndios dessa magnitude, mas está presente para dar todo o auxílio possível.