Produtores rurais farão protesto contra o “prende e solta” em frente ao fórum de Barra do Garças – MT

O Sindicato Rural de Barra do Garças-MT, a Famato (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso) e a Acrimat (Associação dos Criadores de Mato Grosso), realizam nesta terça-feira, 29, em Barra do Garças-MT, um protesto contra o chamado “prende da polícia e o solta da justiça”. O ato iniciará às 16h00.

A estopim para o protesto ocorreu na última semana com o desenrolar de um caso de roubo de gado. No dia 20 de outubro, 40 cabeças de gado foram furtadas e encontradas no dia seguinte em um frigorífico clandestino no município. Dois homens foram presos em flagrante pela Polícia Civil e autuados por furto qualificado e associação criminosa. Porém, no dia 22 de outubro foram soltos pela justiça na audiência de custódia sob pagamento de fiança, conforme informações repassadas por um dos organizadores da manifestação à reportagem da AGRNotícias. Essa atitude do judiciário revoltou o setor.

Conforme nossa fonte, essa situação é corriqueira. A polícia prende e a justiça solta. “Os policiais arriscam a vida, trabalham bem, ai vem a justiça e solta?”, questionou. Para ele a justiça tem as leis a serem seguidas, mas a interpretação sempre será do juiz que julga, ou seja, é possível, diante do mesmo fato e das mesmas leis, ter julgamentos mais duros. 

Conforme o representante, será um protesto pacífico, para levar ao conhecimento das autoridades a revolta dos produtores rurais. Além do protesto, serão tomadas outras ações, como abaixo assinado e cartas que serão enviadas para os poderes constituídos. “O ladrão é solto no outro dia e zomba da cara do produtor rural. Não aguentamos mais essa humilhação e essa insegurança”, disse.