Soluções para água e esgoto em Canarana foi tratado em audiência publica

CANARANA – A pedido de um requerimento do presidente da Câmara Municipal, vereador Gilmar Miranda, apoiado pelos demais pares, aconteceu na noite de quarta-feira, 03, uma audiência pública para tratar sobre água e esgoto em Canarana. Participaram representantes da empresa Águas Canarana – concessionária dos serviços na cidade, Judiciário, Ministério Público, além de vereadores e população. Os presentes fizeram cobranças e pediram explicações sobre problemas na distribuição da água, construção da rede de esgoto, buracos no asfalto, entre outros pontos.

Conforme os representantes da empresa, a produção de água com dois poços e a captação no rio Tanguro são o suficiente para a população. Foram mais de R$ 2 milhões em investimentos nos últimos dois anos. O problema ainda é na rede de distribuição. Um estudo para promover melhorias nessa parte está sendo produzido, sendo um dos objetivos utilizar a gravidade para enviar a água em alguns setores. Segundo eles, a falta de água que ocorreu no mês de maio foi fruto de problemas que ocorreram em série, mas que estão trabalhando soluções para que isso não ocorra novamente. Os representantes disseram que a perda de água entre furto e desperdício na rede chega a 30% do que é produzido.

Sobre o esgoto, asseguraram o compromisso em realizar as obras, mas que há três pontos ainda a serem resolvidos para início das obras. Um deles já aconteceu, que foi o plano municipal de saneamento básico, concluído no ano passado. Os outros são a cessão dos terrenos por parte do município para construção dos pontos de coleta, criação de um grupo regulador do serviço de esgoto e revisão do tempo de contrato para que a implementação seja viável. Disseram que o investimento é de mais de R$ 16 milhões e que a concessão atual vai até 2040. Segundo eles, a Prefeitura já está se mobilizando para a doação dos terrenos. Ocorrendo isso, eles pedem as licenças e, se tudo ocorrer com agilidade, até o final e 2020 iniciam as obras.

A Audiência Pública foi muito produtiva por dar oportunidade para o cidadão expor para a empresa do seu descontentamento com relação a alguns serviços, bem como dar oportunidade para a empresa trazer informações importantes do que foi e do que será feito.