Trabalho da PM de Canarana/MT foi intenso no último fim de semana do ano de 2019

O trabalho da quinta companhia independente de Canarana/MT, no último final de semana de 2019, foi marcado por várias ocorrências. Dentre elas, destacam-se registros de danos materiais, invasão de domicílio, violência contra a mulher e tentativa de furto.
Já na noite de sexta-feira (27/12) no Jardim Bela Vista, a Polícia Militar, conforme denúncia tratou de um caso de ameaça utilizando-se de arma branca. No sábado (28/12) a PM relatou cinco ocorrências no município, sendo três no Bairro Nova Canarana. A primeira ocorrência, na parte da tarde, trata de uma denúncia de agressão, em que uma mulher solicitou a PM para denunciar que seu marido W.C.M (26) havia agredido a sua mãe A.M.S (43). A segunda ocorrência, enquadrada na Lei Maria da Penha, a vítima, S.V.S. (19) foi agredida por seu convivente, o suspeito R.M.M. (19), durante uma discussão. A vítima apresentava lesões no braço direito, no rosto e no pescoço.
A terceira ocorrência na tarde do sábado, um homem foi preso, após denúncia, na tentativa de furtar novamente uma residência no bairro Nova Canarana. O suspeito, M.F. (34), foi encontrado embaixo da cama de um dos quartos da casa, após varredura da polícia pela residência. Ainda, na noite do dia 28, no bairro Jardim Bela Vista, uma mulher, M.J.S. (43), ligou para a polícia informando que seu marido, O.R.M. (47), ameaçou-a de agressão com uma barra de ferro. O suspeito não foi encontrado e a vítima foi conduzida a 5ªCIPM para elaboração do B.O.
Próximo a meia noite para o domingo (29/12), quando a PM realizava rondas pela cidade, avistou um motociclista transitando na contramão da Av. Rio Grande do Sul, região do bairro Jardim União. Ao abordar o motociclista, a PM constatou que ele estava embriagado. O homem e o veículo foram apreendidos. Durante a elaboração do B.O. os policiais ainda descobriram que o suspeito não tinha autorização para conduzir o veículo e que o mesmo era roubado. Segundo o suspeito, ele havia comprado a moto, sendo portanto, receptor.
Na manhã de domingo (29/12), a PM foi solicitada por uma mulher, com as iniciais, T.M.B (24), moradora do bairro Morada do Sol, informando que havia acabado de ser agredida por seu convivente. Conforme B.O, o suspeito, P.B. (35), após um desentendimento com a vítima, puxou a vítima pelos cabelos, arrastou-a pelo chão, proferiu tapas e socos, fazendo-a desmaiar. Quando a polícia chegou à residência da vítima, o suspeito fugiu e adentrou em uma mata. Um dos policiais correu atrás do suspeito, mas após ele entrar em um matagal, não conseguiu mais encontrá-lo. A PM após realizar o B.O. encaminhou a vítima para a Delegacia de Polícia, para demais procedimentos.
Para ocorrências ou denúncias, a Companhia disponibiliza, além do 190, os números de telefones: (66) 3478-1190 e (66) 99618-2891.